Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira - MBA Presencial

Sobre o curso

Curso Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira - MBA Presencial
432 horas/aula

Sobre o curso

A construção civil tem evoluído e está sempre em constante processo de mudança. A cada dia, surgem novos materiais e tecnologias com a finalidade de solucionar melhor e mais rápido as questões e dificuldades inerentes aos canteiros de obras. Este ramo de negócio é o que mais consome produtos siderúrgicos no Brasil e no mundo, respondendo por mais de 37% do total do consumo de aço no país. Segundo o Centro Brasileiro da Construção do Aço (CBCA), a construção em aço representa atualmente cerca de 15% do universo do setor de edificações no Brasil, enquanto nos Estados Unidos 50% das construções comerciais são em aço, na Inglaterra, chegam a 70% e na Alemanha, cerca de 80% das construções de edifícios e pontes são feitas com aço. Portanto, ainda há um grande mercado para crescimento. No Brasil, os estádios para a Copa do Mundo de Futebol, aeroportos, edifícios corporativos, hotéis e edifícios do Minha Casa Minha Vida, são exemplos da enorme contribuição que a construção em aço oferece.
Além dessa tendência, existem diversas vantagens para a utilização de estruturas metálicas como redução do tempo da obra em até 40% com o uso de peças pré-fabricadas, frentes de serviço simultâneas e independência em relação aos fatores climáticos; facilidades no canteiro de obras pois não existe a necessidade de grandes depósitos para areia, brita, dentre outros materiais, maior possibilidade de organização e limpeza do canteiro, reduzindo a produção de entulhos; racionalização de materiais e de mão de obra que enquanto na convencional pode chegar a 25%, na construção em aço é bastante reduzido pela adoção de sistemas industrializados; maior garantia de qualidade pois como a estrutura é pré-fabricada, sua produção é realizada sob rígido controle industrial, com utilização de mão de obra altamente qualificada.
Outro material que está sendo utilizado no Brasil para estruturas é a madeira que são empregadas em estruturas de fôrmas e cimbramentos para edifícios de concreto, coberturas de edificações e pontes de estradas vicinais. Em outros países como Estados Unidos e Canadá, por exemplo, mais de 80% das moradias são construídas a partir da madeira e produtos derivados. Segundo o Instituto Brasileiro da Madeira e das Estruturas de Madeira (IBRAMEN), as estruturas de madeira estão sendo mais utilizadas no Brasil na medida em que há o uso de matéria-prima de reflorestamento, através de árvores plantadas e tratadas objetivando o aproveitamento na construção civil. Como vantagens na utilização de madeiras pode-se destacar a leveza do material, o que torna mais econômica as fundações e pilares, o preço que é menor em estados onde não existem siderúrgicas. Outro ponto importante a considerar é que a madeira é elemento renovável e o sol gera toda a energia necessária para produzi-la. Já para o cimento ou concreto é necessário a queima de minérios, lançando carbono na atmosfera. Como obstáculo ao pleno crescimento da utilização de madeiras no Brasil pode-se citar a existência de poucas pesquisas na área. Outro aspecto que impulsiona a utilização de madeiras na construção civil é que as normas técnicas do setor estão sempre atualizadas, como as do aço e concreto.
Portanto, são inúmeras as oportunidades no mercado brasileiro para especialistas em projetos e construção de estruturas metálicas e de madeira. Portanto, este MBA vem preencher uma lacuna importante nesse mercado, abordando as principais estruturas como edificações verticais, galpões, edificações comerciais, pontes, dentre outras.

Objetivos do curso

Formação de profissionais aptos a projetar e construir estruturas metálicas e de madeira, tanto no que concerne ao dimensionamento, cálculo e utilização de softwares para automatização do processo quanto ao conhecimento da teoria e conceitos do comportamento dessas estruturas.

Para quem é?

• Engenheiro mecânico, civil, elétrico, de produção, arquitetos e outros profissionais que atuam no mercado de estruturas metálicas e de madeira;
• Executivos, gerentes e profissionais que desejam aprimorar o conhecimento em projetos e construção de estruturas metálicas e de madeira;
• Profissionais que desejam conhecer outros tipos de materiais construtivos para utilizarem como alternativas econômicas e sustentáveis ao concreto na construção civil.

Grade curricular

1. Sistemas Estruturais em Aço
2. Dimensionamento de Perfis Formados à Frio
3. Fundamentos. de Estruturas de Madeira
4. Dimensionamento e Detalhamento de Estruturas de Madeira
5. Ligações em Estruturas de Aço
6. Análise Estrutural
7. Utilização do Software SCIA Engineer para Estruturas Metálicas
8. Projeto e Construção de Edificações Comerciais em Estruturas Metálicas
9. Projeto e Construção de Galpões
10. Projeto e Construção de Estruturas Light Steel Framing
11. Detalhamento de Estruturas Metálicas com BIM
12. Estruturas Mistas de Aço e Concreto
13. Projeto e Construção de Pontes e Viadutos em Estruturas Metálicas
14. Projeto de Prédios com Múltiplos Pavimentos em Aço, Lançamento, Montagem e Sistemas Complementares de Estruturas de Aço
15. Vibrações em Estruturas Metálicas
16. Falhas e Patologias em Estruturas Metálicas
17. Dimensionamento, Segurança nas Estruturas Metálicas, Proteção contra Incêndio e Corrosão
18. Desenvolvimento Integral do Potencial Humano

Coordenação

Flávio Augusto Settimi Sohler, PhD., DSc., MSc., PMI-PMP, PMI-RMP – Pós-Doutor em engenharia civil pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (Portugal) e Universidade de Hamburg-Harburg, Alemanha. Doutorado em engenharia civil na UFRGS. Doutor em Psicologia Organizacional pela PUC-GO. Mestre em Engenharia de Produção pela PUC-RJ. Graduado em engenharia civil, e Especialista em Análise de Sistemas e Telecomunicações pela PUC-RJ. Especialista em Project Finance pela USP. Possui a certificação do Project Management Institute-USA (PMI) como Project Management Professional (PMP) e Risk Management Professional (RMP). Elaborou projeto selecionado pelo CNPq para pós-doutorado no exterior com o tema “Segurança de Barragens: uma abordagem patológica de riscos qualitativos e quantitativos”. Membro do “Project Management Institute” (PMI) e do comitê de elaboração da ABNT NBR 31000 de Riscos. Possui 20 anos de experiência em gestão de projetos e riscos em diversos empreendimentos e projetos e em planejamento estratégico, como professor e consultor de diversas empresas, ministrando cursos e treinamentos em diversas empresas dos mais variados segmentos; Palestrante em congressos, seminários e cursos nacionais e internacionais; Gerente de Projetos de Pesquisa & Desenvolvimento para ANEEL e FINEP; Coordenador do Escritório de Riscos da Eletrobrás para projetos de geração e transmissão; Coordenador e Professor no IPOG no MBA Gestão e Modelagem de Projetos para Engenharias e Arquitetura; MBA Gerenciamento de Obras, Produtividade, Racionalização e Desempenho da Construção; MBA em Projeto, Dimensionamento e Modelagem de Estruturas e Fundações; MBA em Projeto, Desempenho e Segurança de Empreendimentos de Geração e Transmissão de Energia (Hidroelétrica, Solar, Eólica); Autor de 5 livros: ”A Influência da Cultura Organizacional, Suporte e Coping no Bem-Estar dos Trabalhadores” em 2015; ”Segurança de Barragens: Análise de Riscos Qualitativos e Quantitativos” em 2016; “Gerenciamento de Obras, Qualidade e Desempenho da Construção” em 2017; “Projeto, Execução e Desempenho de Estruturas e Fundações” publicado em 2018; Gestão e Modelagem de Projetos para Engenheiros e Arquitetos em 2019.

Quero investir no meu futuro profissional! Preencha o formulário abaixo e avance na sua carreira

O IPOG

Atualmente o IPOG está presente em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal, o que comprova o crescimento do Instituto num segmento de mercado altamente competitivo, que exige modernizações e inovações constantes.

null

A qualidade da aprendizagem aplicada é a razão pela qual 90% dos nossos alunos escolhem o IPOG.

null

Instituição de ensino presente em todo território nacional.

Junte-se a mais de 100.000 estudantes do IPOG agora