Qualificação de novos professores é parte do investimento do IPOG em qualidade do ensino

Notícia

 
Qualificação de novos professores é parte do investimento do IPOG em qualidade do ensino
29/10/2015

Mais de 40 docentes participaram de uma nova turma do curso de formação de docentes, cujo objetivo é alinhar a cultura organizacional e a metodologia de ensino por meio de técnicas em sala de aula

Entre os dias 23 e 25 de outubro, ocorreu o curso de “Formação de Professores: Práticas na Docência Superior” em Goiânia (GO). Conduzido pela professora Gláucia Yoshida, a capacitação contou com a presença de mais de 40 professores de novos cursos ou que iniciaram há pouco tempo na docência do IPOG. Yoshida afirmou que o momento teve como objetivo promover o alinhamento da metodologia usada pelo Instituto. “Apresentamos a cultura organizacional, o jeito IPOG de encantar alunos, storytelling e o teatro em sala de aula”, explicou Gláucia ao ressaltar a participação do professor Daniel Vieira na exposição de princípios e práticas do teatro para docentes.

 

O diretor de Pós-Graduação e Pesquisa do IPOG, professor Leonardo Moraes, aponta que, duas vezes por ano, o Instituto investe nesse tipo de formação de docentes. “Faz parte da nossa política o desenvolvimento de nossos professores. Acreditamos que podemos contribuir com o processo de aprendizagem de nossos alunos investindo tempo, recursos e conhecimento para qualificar nossos professores”, afirma.

O professor reforça a importância da capacitação do quadro docente como um diferencial para o sucesso dos nossos alunos. “Por meio de metodologias envolventes e inovadoras, é possível fazer com que cada aula seja uma experiência única e memorável. O aluno experimenta em sala o ‘jeito IPOG de ser’, por meio de aulas com metodologias ativas e com foco na aprendizagem reflexiva”, finaliza.

“Cursos como esses consolidam nosso propósito de ‘Inspirar Vidas’, uma vez que os professores foram ‘mexidos’ e sensibilizados para elaborar aulas de forma integrada, engajada e com foco em sempre fazer o melhor para os nossos alunos”, completa Leonardo Moraes.

Com 99,41% de aprovação dos participantes, que ressaltaram a “didática, dinâmica, integração, networking e as técnicas” como positivos, a formação foi considerada um sucesso pelo professor do curso Master em Arquitetura e Lighting, Alexandre Gois. Ele apontou na avaliação os três aspectos mais relevantes e gratificantes: “Equipe coesa, planejamento impecável, alunos e professores estimulantes”.

Voltar

Junte-se a mais de 100.000 estudantes do IPOG agora