Notícias e Eventos

Gestão estratégica de pessoas: saiba como esse método de gestão vai impulsionar os resultados da sua empresa

O ambiente corporativo mudou com o passar dos anos. Já foi o tempo em que pessoas projetavam ter a mesma função na carreira durante 20 anos. Atualmente, profissionais buscam oportunidades de mercado que possam oferecer crescimento e realização pessoal.

Essa ambição modificou a forma como uma organização se relaciona com seus colaboradores. Agora, é necessário enxergar para além do currículo e perceber a importância e o potencial dos colaboradores para criar estratégias assertivas para melhorar indicadores e atingir metas.

Para isso é necessário fazer além do básico em RH, é preciso fazer gestão estratégica de pessoas. Esse tipo de gerenciamento envolve análise do time de colaboradores, criação de estratégias e liderança.

Confira neste artigo tudo sobre as demandas mais atuais do mercado de gestão de pessoas.

O que é gestão estratégica de pessoas?

Entender as capacidades e interesses de todos os colaboradores e utilizar isso para alinhar as metas de uma empresa – é assim que funciona a gestão estratégica de pessoas.

Essa nova abordagem é uma maneira de gestão que otimiza os resultados e ganha cada vez mais destaque no mercado.

Na gestão estratégica, o departamento de RH passa a lidar não somente com contratações e demissões, mas também com estratégias de negócios. E isso é feito gerenciando um dos fatores mais importantes de uma organização: o capital humano.

Ela reúne ações que abrangem contratação de profissionais, treinamento e desenvolvimento de habilidades de forma individualizada e adequada com as políticas da empresa. Além disso, a gestão estratégica de pessoas engloba o desenvolvimento de uma boa comunicação interna e endomarketing.

Esse tipo de gestão envolve ações assertivas, que associam o gerenciamento de colaboradores à organização estratégica de uma empresa, de forma que a equipe se sinta devidamente valorizada e motivada a cumprir as metas e objetivos da organização de que faz parte.

Isso porque, ao garantir um relacionamento equilibrado entre os interesses da organização e dos funcionários, é possível proporcionar um clima produtivo e garantir o aumento nas performances individual e organizacional.

Qual a diferença entre gestão de pessoas e gestão estratégica de pessoas?

A gestão de pessoas engloba um conjunto de ações para desenvolver o capital humano das organizações. Essas ações são baseadas em técnicas de retenção, motivação e capacitação de colaboradores para melhorar o desempenho de sua atuação profissional e, por consequência, da empresa.

No entanto, se não forem pensadas estratégias para manter funcionários motivados e determinados a crescer dentro de uma organização, é possível que colaboradores talentosos saiam e o quadro de empregados tenha uma alta rotatividade.

Além disso, atualmente as pessoas buscam por empresas que propiciem possibilidades claras de crescimento e valorização profissional.

É justamente neste ponto que a gestão estratégica de pessoas de destaca. Este tipo de gestão valoriza para além do pensamento do gerenciamento de pessoas tradicional.

As estratégias levam em conta critérios como expertises de cada colaborador, grau de motivação da equipe, desejos e projeções de crescimento do colaborador na empresa, entre outros.

Assim, é possível atuar de forma assertiva e garantir que seja possível extrair os melhores resultados para a empresa.

Qual é o papel do líder na gestão estratégica de pessoas nas organizações?

papel de um líder é decisivo na criação e no cumprimento de uma estratégia. A proatividade de um gestor deve ser utilizada para organizar, coordenar e incentivar colaboradores a participar de uma ação. Afinal, sem o compromisso das pessoas, a estratégia não será executada de forma assertiva.

Na gestão estratégica, o líder deve:

Um gestor competente deve ter proatividade para executar essas funções. Além disso, é necessário estabelecer uma boa comunicação com os colaboradores a fim de poder ouvir o time e adquirir novos conhecimentos com ele.

Estar em harmonia com os colaboradores significa também entender sobre suas realidades e seus anseios profissionais. Além disso, é importante entender a demanda da empresa e de seus clientes, para entender como projetar a equipe para atender às metas organizacionais.

A liderança é uma função que envolve os esforços dos administradores para estimular o desempenho de todos os colaboradores.

Conheça o MBA Executivo em Liderança e Gestão Empresarial

Para uma empresa conseguir sobressair diante de tantas outras, é importante ter um gestor capaz de gerenciar diversas etapas do negócio, incluindo gestão de pessoas, e alinhar estratégias de forma assertiva para atingir resultados.

Por isso, o MBA Executivo em Liderança e Gestão Empresarial fornece métodos e práticas para proporcionar uma visão estratégica e operacional do papel da liderança no contexto organizacional.

Isso será feito a partir de aulas que combinam a prática com a teoria. Dessa forma, o aluno terá contato real com o que é encontrado no mercado de trabalho em termos de gestão de processos. Para garantir isso, o corpo docente é composto 100% de professores com vivência prática e certificados pelo CBPP.

A grande curricular é composta de disciplinas como:

  • O Novo Líder: Papéis, Competências e Desafios Atuais
  • Gestão de Pessoas e Relacionamento Interpessoal
  • Team Building e Equipes de Alta Performance
  • CoachingMentoring e Assessment aplicados à Liderança e Gestão
  • Desenvolvimento Integral do Potencial Humano I
  • Desenvolvimento Integral do Potencial Humano II
  • Cultura, Clima, Engajamento e Transformação Organizacional
  • Diagnóstico Sistêmico e as Estratégias Organizacionais
  • Gestão de Projetos Organizacionais
  • Gestão de Processos Organizacionais
  • Marketing Estratégico e Comunicação Integrada
  • Gestão em Supply Chain: Otimização da Cadeia Logística e Distribuição
  • Técnicas Avançadas de Negociação
  • Análise Financeira e Indicadores Estratégicos de Gestão
  • Planejamento Estratégico com Inteligência Organizacional
  • Inteligência da Execução
  • Criação de Negócios Inovadores – Startups
  • Tópicos Avançados

O aluno sairá do curso qualificado para desenvolver pensamento estratégico e sistêmico, além de ter a capacidade de lidar com desafios emergentes apresentando soluções criativas, de liderar em contextos de alta incerteza, de motivar e integrar grandes grupos e de executar com excelência.

Para saber mais sobre o curso, não deixe de entrar em contato conosco!

E se você se interessou pelo tema, vai se interessar também por estes artigos:

Até a próxima!

Gostou do artigo? Esses e muitos outros assuntos você pode conferir no blog do IPOG!