Aluno IPOG escreve livro sobre Análise Grafotécnica

Notícia

 
Aluno IPOG escreve livro sobre Análise Grafotécnica
10/02/2016

A obra conta com uma linguagem simples e direta sobre as técnicas de verificação da escrita 

Diariamente milhares de pessoas são vítimas de falsificação de assinatura em todo o mundo. São golpes em documentos e folhas de cheque, por exemplo, causando uma série de problemas às vítimas, desde provar o não envolvimento no crime, até identificar a origem da falsificação. Dentro desse contexto, o perito grafotécnico é solicitado pelo juiz para fazer a análise grafotécnica do documento. O trabalho desse tipo de perito consiste em identificar, por meio de análises minuciosas, se as assinaturas são idôneas e se houve crime ou não. 

Com mais de 20 anos atuando como policial civil e há 11 anos trabalhando como perito judicial, Reginaldo Tirotti, aluno da Especialização em Perícia Criminal e Ciências Forenses do Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) lançou o livro “Análise Grafotécnica para Iniciantes”. A obra conta com uma linguagem simples e direta sobre as técnicas de verificação da escrita. “Os conhecimentos adquiridos no IPOG e o referencial exemplar dos docentes me deram a maior força”, recorda Tirotti que escreveu o livro em parceria com sua filha, também advogada e perita judicial, Jaqueline Tirotti.

O livro está disponível na versão impressa e on-line e pode ser encontrado nas maiores livrarias do Brasil e em sites de compras de livro pela internet. “Para pessoas que buscam seus objetivos com seriedade e profissionalismo, o IPOG é o lugar certo. É uma excepcional casa do saber, com uma excelente didática e uma total disposição dos professores em transmitir seus conhecimentos”, indica Tirotti. 

Voltar

Junte-se a mais de 100.000 estudantes do IPOG agora